Poesia - Fácil Alegria - por J.B.G

Fácil Alegria

4.5 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Votes 4.50 (1 vote)

Que a bebida insista mais um pouco, perdi a hora?! Pendure mais uma na conta,
os sorrisos e gargalhadas já estão sem motivos, até as minhas desgraças riem,
há paz no caos, mergulhado em goles rápidos, as vezes amargo, bem amado,
o tédio não me visita, tim, tim, sempre uma saída, as vezes saideira.

Beber, rir minhas besteiras, na tormenta do copo, meu whisky irlandês,
guerreiro, enfrentou a dura lei seca americana, ou a puro malte holandesa,
nasceu de rio com mesmo nome, abençoado seja, tem do meu Brasil, querida Petrópolis,
ou aquela alemã de respeito, talvez a mais antiga de Baviera, não importa, desça duas aqui na mesa.

Puxa mais um copo, prosa embebida, ein, toca aquela ao vivo, conte aquela piada outra vez,
a moça, o cara, a vida cansada, o trabalho pesado, um bar cheio de gente, a alma amaciada,
beba-me bebida, faz essa noite inesquecível, tão quanto a de ontem e anteontem.

A bebida é livre de esporas, vadia corre pelo sangue, mas é no coração que mora,
diferentes cores, sabores, assim como são os amores, uns duram menos que um copo,
sabor intenso, prazer dobra, outras duradouras, leves, nunca falta, quem bebe? tem história.

Poesia por J.G.B

Pintura "Wine Drinks" por Mark Kazav

Tags: sorriso felicidade história bebida drinks alegria whisky puro malte holandesa brasileira alemã copo alcoolismo

Gostou? Compartilhem as poesias flutuantes e lembrem-se deste humilde pseudo poeta como autor, eternamente agradecido.

Pode escrever,

  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

POESIAS FLUTUANTES 2019 | Todas as poesias são autorais de J.G.B @ All rights reserved. As pinturas contidas neste site são de autoria de outros artistas, todos devidamente com créditos mencionados e linkados. Background Art by Akiane Kramarik

JGWEB - Criação de Sites